Palácio Cruz e Sousa – Museu Histórico de Santa Catarina

Florianópolis é conhecida pelas suas praias e belezas naturais, o que atrai muitos turistas ao longo do ano, especialmente no verão, óbvio! Quem mora aqui ou já conhece a cidade, sabe que nessa época do ano é muito comum chover bastante e o primeiro lugar que os turistas pensam em ir, são os shoppings. Mas apesar de poucas (ao nosso ver) existem sim, algumas opções legais pra conhecer em Floripa, quando o tempo não está pra praia.

Uma delas, é o Palácio Cruz e Sousa, tombado como patrimônio histórico do estado nos anos 80 e que mantém em seu interior a arquitetura do final do século XIX, conciliando com estilos anteriores como o Barroco e o Neoclássico, assim como móveis, pinturas e objetos das pessoas que moravam no Palácio. Tudo exposto como se ele ainda fosse habitado.

IMG_6878.JPG

O Palácio, antes conhecido como Palácio Rosado, recebeu este nome em homenagem ao poeta João Cruz e Sousa, nascido em Desterro (hoje chamada de Florianópolis) em 1861 e falecido em 1898. Em 2007, seus restos mortais foram depositados em uma urna, que se encontra no Museu Histórico de Santa Catarina, localizando dentro do Palácio.

Não é engraçado que quando viajamos, queremos conhecer os pontos turísticos, os museus, praças, a história do local e seus costumes mas não temos o hábito de fazer isso na nossa própria cidade? Já faz 8 anos que o Henrique mora em Florianópolis e ele ainda não conhecia o local. Então quando resolvemos passar parte das férias aqui em floripa, montei um roteiro dos pontos turísticos daqui que ele ainda não conhecia e esse foi um dos primeiros que visitamos.

Como tínhamos um cronograma cheio, o único dia disponível era o domingo. A princípio achei que esse seria o pior dia pra irmos, devido ao movimento. Mas pra nossa surpresa, estava vazio! O que nos possibilitou conhecer com calma cada canto do lugar e conhecer um pouco mais sobre a história e o passado de Santa Catarina.

IMG_6876

Eu costumo dizer que sinto que nasci na época errada e fazendo o tour por lá, não tem como não ter vontade de viver em outra época (famoso sonho de princesa hahaha). Aqueles salões imensos, um apenas com cadeiras em volta de um piano.. outro com uma mesa de jantar imensa, ainda com as louças da época em cima.

IMG_6879

IMG_6901

IMG_6893IMG_6875

Um dos lugares que me chamou atenção, foi o quarto das crianças. Uma salinha pequena, estrategicamente escondida por uma série de portas pelo lado de dentro mas ao mesmo tempo, com uma porta de acesso para os fundos do palácio ( possivelmente pensada pra uma fuga? ) e na parede, um quadro de uma mãe e sua filha. Não consegui ler os nomes porque tinha um cordão de isolamento mas fiquei pensando na história delas, em como seria criar filhos morando em um lugar assim, em uma época completamente diferente da nossa..

Eu já conhecia o Palácio desde criança, pois a minha escola costumava fazer passeios escolares lá. E já naquela época, coisa de 20 anos atrás, contavam que o palácio era mal assombrado.. talvez pra assustar as crianças e as impedir de saírem correndo pelos cantos mais escuros do lugar.. mas de qualquer forma, era muito propagada a história de pequenos vultos passando pelas salas, badaladas de um relógio antigo que não funciona, teclas do piano sendo apertadas sem ninguém por perto.. e a caixa de música tocando sozinha.

Lá no quartinho das crianças, tirei uma foto minha e da Helena de frente pro espelho e pra minha surpresa, notei um borrão atrás de nós. A princípio, achei que fosse uma sujeira no espelho, mas observando o espelho, vi que ele estava limpo e sem nenhuma mancha do “tempo”. Talvez com o imaginário aguçado pelas histórias do lugar, acabamos enxergando no borrão, a figura de uma criança escondida atrás de uma das porta. (A foto está na galeria acima, só clicar em cima e ampliar pro tamanho original)

Verdade ou não, como qualquer lugar que foi palco de grandes histórias e decisões importantes pro destino do nosso estado. O local tem uma energia muito diferente e desperta o interesse de qualquer um a abrir as portas das salas mais isolados, que se encontram no escuro e deixadas entreabertas.

IMG_6902

IMG_6892

IMG_6890

Sendo turista ou não, vale muito a pena visitar o palácio e conhecer um pouco mais sobre a antiga casa do governo do estado e sobre a cultura da nossa cidade.

Pra mais informações:
Museu Histórico de Santa Catarina

Um comentário em “Palácio Cruz e Sousa – Museu Histórico de Santa Catarina

  1. Pingback: Ilha do Campeche

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s